Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste
Ouvidoria Diário Oficial Portal Transparência
menu
×
Notícias

Município vai oferecer tratamentos complementares para a saúde


Data de Publicação: 30 de março de 2022
Crédito: Claudia comunicAtiva



A partir da próxima semana, os bom-principienses vão contar com várias novas possibilidades de tratamentos complementares para sua saúde. A Secretaria Municipal de Saúde e Assistência social aderiu ao programa Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) do SUS, que disponibiliza recursos para os municípios implementarem as práticas em seus serviços de Atenção Básica.

Inicialmente, Bom Princípio estará disponibilizando dez práticas integrativas gratuitamente:

- Acupuntura

- Auriculoterapia

- Terapia de Florais

- Fitoterapia

- Ventosaterapia

- Biodança

- Meditação

- Yoga

- Reflexoterapia

- Quiropraxia

 

Ao todo, o SUS oferece, de forma integral e gratuita, 29 procedimentos de PICS à população. “Neste primeiro momento, não estaremos disponibilizando todos ainda, mas a ideia é ir ampliando a oferta conforme a necessidade”, explica a secretária municipal de saúde e Assistência Social, Lilian Juchem.

 

Ela se diz muito feliz com mais este cuidado especial que está sendo oferecido à população. “Estas práticas são tratamentos paliativos ou de prevenção de diversas doenças, e vão ser usadas para aliviar sintomas de quem tem alguma enfermidade e também para promover a saúde e evitar que as pessoas fiquem doentes. É importante ressaltar que estes tratamentos complementares não substituem o tratamento tradicional, mas são um adicional, um complemento no tratamento, e que deverão ser indicados por profissionais específicos, nos nossos postos de saúde, conforme as necessidades de cada caso”, detalha a secretária.

 

Idealizadora da implementação do programa no município, Lilian acredita que estas terapias só vêm somar para a saúde dos munícipes. “Temos casos de pacientes com dores crônicas, com histórico de doenças repetitivas e cujas dores, muitas vezes, são resultado de emoções e somatizações do emocional. Nossa equipe tem convicção de que estas terapias complementares vão beneficiar muito este público”, diz, enaltecendo e agradecendo pelo apoio e incentivo de médicos e enfermeiras na viabilização de mais este projeto.

 

Como vai funcionar

 

Responsável pela Atenção Básica no município, o médico Rogério Cardozo explica que o acesso às terapias pelo SUS se dará apenas a partir da prescrição do médico do posto de saúde.

“O acesso às práticas se dará após atendimento médico e identificação da necessidade de cada paciente. Trata-se de uma abordagem complementar que coloca o paciente também como corresponsável pelas mudanças necessárias no seu dia a dia, para que haja mudança na sua saúde. Nenhum tratamento se resume a um comprimido. É preciso considerar que nosso corpo necessita um equilíbrio físico e mental para que tenhamos mais efetividade na promoção da saúde individual e coletiva”, detalha o médico.

Conforme explica, a Secretaria de Saúde está organizando a integração destas PICS no cotidiano do serviço. “Estaremos iniciando algumas práticas já na semana que vem, e a ideia é ir ampliando a oferta para logo mais termos outras práticas disponíveis aos munícipes”, projeta.

 

© Copyright 2022 - Todos os direitos reservados à Prefeitura de Bom Princípio/RS

topo