Imprimir Fechar
Braso Oficial
Em terra de Milton, WBK dá show

Notícias

Em terra de Milton, WBK dá show

Nas origens de Milton Nascimento e Emmerson Nogueira há lugar também para nossos artistas
   

Minas Gerais, nos primórdios do Brasil, era terra de farto ouro, tanto que ainda há exploração do mesmo por lá. Mas, com o passar dos anos, o Estado do Sudeste virou referência cultural, afinal, é terra de Milton Nascimento e outros tantos gigantes da música nacional. Dentre os mais recentes, Emmerson Nogueira canta a alma do estado em Milton, Minas e Mais (que é um dos seus discos), apresentando as nuances do que há de melhor música mineira, uai!
Isso quer dizer que não há lugar para outros instrumentistas no estado mais musical do Brasil? De forma alguma, sempre cabe mais um (montão) por lá.
E assim, como orquestra convidada da Winterschneiss Blasskapelle, ou simplesmente WBK, foi apresentar-se na cidade de Perdões, no Festival Nacional da Canção. A apresentação dos regidos de Davi Dessotti, todavia, não teve simbologia competitiva, mas, harmônica possibilidade de aproximar todos os artistas que haveria de subir ao palco.
Além de Perdões, onde deram show, os artistas de Bom Princípio se apresentaram oficialmente em outros cinco oportunidades, isso sem contar as palhinhas que deram nas suas visitas. Teve até música nos entornos de uma cachaçaria típica e por volta de uma cachoeira. Tudo dentro do contexto, afinal, como diz a instrumentista Andressa Farkas, "em Minas quase tudo é música, e música da boa".
No regresso para Bom Princípio bons fluídos trouxeram, junto com um "trem" de inspirações, afinal, por lá há muito mais do que pães de queijo e cidades históricas. Há a essência da cultura que transcende ao tempo e ao espaço. Minas, de fato, é muito mais do que se pode descrever.

Publicado: 07/08/2019
Créditos: Alex Steffen

Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO