Imprimir Fechar
Braso Oficial
Racing leva o bicampeonato municipal

Notícias

Racing leva o bicampeonato municipal

Nos pênaltis o time da Vila Schmitz colocou a taça no armário
   

Chovia torrencialmente e a festa do Racing iniciava no campo do Bomsucesso, mas antes do banho de chuva e da entrega dos troféus muito ocorreu no final de semana de futebol na terra do Moranguinho.
Na tarde de sábado, em Santa Teresinha, o maior dos clássicos do território de Bom Princípio se realizou em duas categorias. Na primeira delas, nos infantis, o time do  Racing teve domínio territorial e abriu o placar na primeira etapa, com um chute colocado, junto à trave superior, balançando as redes. Era a vez de Luizinho fazer a festa da torcida do Racing. Na segunda etapa um jogo nervoso de tentativas de parte a parte. O São José quase chegou ao gol mas esbarrou na firme defesa do Racing. Na finaleira do jogo, uma falta de longe, e Luizinho ameaçou bater. Tirou atenção da barreira e Luan Müller, o bola-bola do campeonato, deixou mais um na rede. O chute perfeito apenas consagrou o guri que surge entre os jovens talentos dos campos de Bom Princípio.
No segundo encontro entre São José e Racing, na tarde de sábado, os veteranos entravam  com a gana de vitória que tiveram os meninos momentos antes. O São José largou na frente, em saída equivocada da zaga do Racing. Já o time da Vila Schmitz buscou tanto pelo gol que chegou a ele, deixando tudo igual na segunda etapa. Mas o empate não servia ao Racing, pois havia perdido em casa. E assim, com o 1 a 1, o São José sagrou-se campeão, fazendo a festa que estava engasgada desde o ano passado.
No domingo, com um sol para cada atleta, Bomsucesso e Racing entraram em campo nas duas categorias. Nos aspirante o time da casa venceu por 2 a 1 com gols de Juliano e Jocsã. Diogo descontou para o Racing, mas não foi o bastante. Com o título garantido a festa foi grande para o time de Arroio das Pedras. Merecida conquista para o Bomsucesso e a comunidade que respira o futebol como poucas. 
No jogo de fundo a vitória era o interesse dos dois times. Mas, o equilíbrio era tanto que só poderia mesmo terminar nas penalidades. Sob o comando do excelente Leandro Pedro Vuaden, que já ostentou o escudo da FIFA, Bomsucesso e Racing fizeram um jogaço. O time visitante largou na frente com gol de Marcarini, de cabeça, aos 8 minutos da etapa inicial. E Mauro, centroavante matador, deixou o dele também na primeira etapa. Tudo igual. 1 a 1 no placar. No segundo tempo com direito a chuva torrencial, pouco a bola rolou, sendo muitas vezes alçadas na área. O time do Bomsucesso teve um lance de gol anulado, com irregularidade marcada pelo árbitro assistente e confirmada por Vuaden. Houve reclamações quanto ao lance que persistiram até o final do jogo. 
Nas entrevistas pós-jogo e antes dos pênaltis, Zatti, reclamou alegando que o time foi "roubado" dentro de casa. E a exaltação de Zatti talvez tenha pesado na hora das cobranças de pênalti, pois foi ele, de grande experiência, o único a não converter a sua cobrança, ficando nas mãos de Luís Müller. Com a cobrança perfeita de Cristiano, a rede balançou e o grito da torcida ecoou, celebrando o sétimo título do Racing, fechando com chave de ouro as competições no ano do seu cinquentenário.
Se a chuva ensopava aos atletas, molhava também aos dirigentes de esportes, ao prefeito e ao vice. Dirceu "Pila" Fritzen, diretor de esportes do município, ao lado do prefeito Fábio e do vice Joãozinho fez a entrega de medalhas e troféus, em um final de tarde que ficou marcado pela presença de excelente público no campo do Bomsucesso.

Publicado: 17/02/2020
Créditos: Alex Steffen

Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO